Uma música maravilhosa, uma verdadeira poesia, trazida até nós pelo Jota Quest diz assim:

“Ei, dor!
Eu não te escuto mais
Você não me leva a nada
Ei, medo!
Eu não te escuto mais
Você não me leva a nada”

Faço questão de sugerir que se você não conhece, escute essa música: http://www.youtube.com/watch?v=wPBFZldSsMI

Um dia eu estava lendo um texto da Bíblia, e me deparei com Jesus dizendo pra uma pessoa: “não temas”. Curioso, comecei a varrer as narrativas sobre Jesus, e em diversas ocasiões Jesus dizia: “não temas”. Não temas, dizia Jesus. Em outras palavras: Não tenha medo. É curioso como Jesus fazia questão de deixar claro que a pessoa não precisava ter medo.

Vamos ser honestos, e reconhecer que neste exato momento estamos pensando que esse discurso que estamos lendo se trata de um incentivo a não temer as situações da vida e crer em Deus. A não temer o que o “inimigo” tenta fazer contra nós.

Mas esta reflexão não é sobre isso.

Esta reflexão é um chamado para que você comece a analisar aquilo que você ouve, e preste atenção se você não vem dando atenção ao medo. É nesta hora que esta poesia do Jota Quest se torna uma dádiva, porque ela te convoca a não dar ouvidos ao medo.

Mais precisamente, a não dar ouvidos aos discursos que propagam o medo. Onde existe medo não existe amor. Se o discurso que você vem ouvindo e aceitando é baseado no medo, você pode ter certeza de que ali não há amor. E se Deus é amor, então ali também não há Deus.

Se você está em dúvida sobre como detectar um discurso baseado no medo, vou te dar um exemplo.

Um dia eu ouvi uma mãe conversando com seu filho. Ela perguntou ao filho: “você já falou com Jesus hoje filho?”. A criança, de 5 anos de idade, em toda sua honestidade respondeu: “hoje não estou com vontade”. A mãe respondeu para ele: “você é quem sabe filho. Lembre-se da história de Noé. Eu já estou do lado de dentro da Arca. Você é quem sabe de que lado você quer ficar, quando a porta fechar”.

Qual é a idéia que uma criança que cresce ouvindo este tipo de discurso vai fazer de Deus quando crescer? E qual é a imagem que esta criança vai fazer do tal Jesus com quem ela tem que falar, caso contrário vai para o Inferno?

Portanto hoje eu te chamo para lutar contra o medo. Mas não contra o medo das situações da vida, ou contra o medo do que o “inimigo” possa fazer contra você.

Vamos lutar contra o medo que estamos ouvindo e propagando.

“No amor não há medo, antes o perfeito amor lança fora o medo; porque o medo tem consigo a pena, e o que teme não é perfeito em amor.” 1 João 4:18

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s